Entra no meu Espaço

Segunda-feira, Janeiro 11, 2010 9:43

Eu e tu, não preciso mais nada
Capota aberta sem destino na estrada
Cabelo ao vento, pele delicada
Gosto de ti e quero-te apaixonada
Vem bebé, é sincero
Partilhar contigo é tudo o que eu quero
A vida ensina, gosto de aprender
Não me magoes eu prometo-te proteger

prometo-te proteger

Entra no meu espaço
Ouve a música que te dou
Dentro do meu espaço
Vê o mundo em que eu estou
x2

Não há momento em que eu não pense
em contigo poder estar
Criei um mudo em que só tu podes lá entrar

Tudo é tão bom quando te tenho perto de mim
Pára-me o tempo quando me olhas e dizes que sim

Tudo é tão pouco, não consigo descrever
Tudo é tão pouco
Tudo é tão pouco, está difícil não te ver
Tudo é tão pouco

Entra no meu espaço
Ouve a música que te dou
Dentro do meu espaço
Vê o mundo em que eu estou
x2

Manda vir… manda vir
Dá-me aquilo que ninguém mais tem Girl
Faz-me sentir especial
Diz-me o que não dizes a mais ninguém Girl
Tudo em ti é fora do normal

Não tem ninguém para o teu lugar
‘Tou certo que sim
O tempo parece não passar
quando não estás perto de mim, de mim

Tudo é tão pouco, não consigo descrever
Tudo é tão pouco
Tudo é tão pouco, está difícil não te ver
Tudo é tão pouco

Yap! Tá tudo dito, agora diz-me o que sentes
E quem sabe um dia juntamos escovas de dentes

Deixe um comentário, ou faça um trackback através do seu próprio site.

Deixa um comentário